Dicas de Segurança.

O item segurança vem se destacando nos últimos anos como um problema público. Com a sensação cada vez maior de falta dela, e a crescente de criminalidade, o investimento em segurança patrimonial torna-se cada vez mais necessário.

 

Afinal, nenhuma camada social está livre de assaltos, latrocínios e violações de privacidade. E sabemos que os danos proporcionados por essas ações não são apenas materiais, provocam danos ao psicológico dos indivíduos.

Para ajudar você a se manter seguro listamos 4 principais dicas de segurança patrimonial.

 

Confira! 

COMPARE E ANALISE OS DADOS

Com base em dados como a quantidade de pessoas que circulam no estabelecimento, quantidade de visitantes, quantidade de moradores, onde as pessoas trabalham torna-se possível desenvolver estratégias de segurança patrimoniais mais eficazes.

Além disso, há a possibilidade de planejar situações preditivas com objetivo de prever possíveis ações fora da normalidade e agir sobre elas. 

CONTRATE SERVIÇOS ESPECÍFICOS

Investir em serviços de segurança patrimonial é ideal para que sua empresa não caia em golpes. Afinal, essas empresas já possuem conhecimento no segmento e apresentam uma série de equipamentos que podem se adequar ao seu negócio.

  

Nesse sentido, sempre tenha em mente quais são as falhas da organização em termos de segurança, e qual a estratégia que será priorizada. Dessa forma, torna-se mais fácil decidir pelo equipamento de acordo com a prioridade. 

DESENVOLVA REGRAS DE SEGURANÇA

Independentemente se é uma empresa ou condomínio, sempre é preciso estabelecer regras claras quanto à entrada e saída de pessoas. Para que o estabelecimento possa ter controle de quem entra e quem sai e quantidade de pessoas na organização.

  

Conscientize todas as pessoas e colaboradores sobre as regras com reuniões, convenções, assembleias, e comunique em locais onde há grande circulação de pessoas.

REALIZE A MANUTENÇÃO PREVENTIVA
DOS EQUIPAMENTOS

Tão importante quando realizar a instalação desses equipamentos é manter um cronograma de manutenção preventiva. Dessa forma, torna-se possível garantir a eficácia e segurança esperada.

 

Mantenha o diálogo com a empresa contratada com objetivo de estabelecer esse cronograma de manutenção.